top of page

Da tristeza ao tédio: a música está sempre presente

Hoje trouxe 3 indicações bem diferentes entre si, mas cada uma é válida pra um momento. A primeira música é a minha predileta (não deixo o melhor pro final, não sou dessas), Danny Starr fala sobre a tristeza de perder entes queridos mas com uma melodia a la The Kooks, de forma leve. Seguimos para "Boring", de Kat Kennedy, um indie pop pra quem está acostumado com o caos e fica entediado com a paz (bem irônica). Finalizando com algo mais dark e pesado: Tablefox, com GIVE IT ALL.


⚡️Vamos lá:


1) Painting Over Bad Blood - DANNY STARR

O cantor inglês combina elementos pop e cativantes em torno do baixo e da guitarra elétrica, lembrando o estilo dos Arctic Monkeys e The Kooks, e a força emocional que emana da escrita de Danny Starr

OUÇA JÁ:


2) Boring - KAT KENNEDY

A paz parece tédio para as pessoas que cresceram no caos. Boring é um hino pop indie irônico produzido por David Burris e escrito e interpretado por Kat Kennedy, uma artista em ascensão na cena Indie Pop de Los Angeles. Com melodias cativantes e letras que chamam a atenção sobre abandonar um estilo de vida tóxico e deixar bandeiras para trás fazem dessa música chiclete.

OUÇA JÁ:



3) Give It All - TABLEFOX

'GIVE IT ALL' é um Alt Rock que tem uma melodia pesada e marcante. O cantor Clinton Bell diz:

A música é sobre alguém lidando com sua 'voz interior', seu crítico interior' que está tentando segurá-los... mas sua voz positiva está dizendo "dane-se!"

OUÇA JÁ:


 
⚡️E aí, põe na playlist?
16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page