Terça com leitura: O tempo não para.

O tempo não para. E quando para?

Durante toda a vida, nos acostumamos a reclamar diariamente do quão rápido a vida passa. O tempo voa – dizemos – e, muitas vezes, nos entristecemos pelas fases que passam tão ligeiras e capazes de deixar tanta saudade. Sim, o tempo voa. Mas a vida precisa do tempo. De repente, uma doença terrível faz o tempo quase parar. A hora não passa, dias duram uma eternidade. Semanas parecem infinitas. Mas não tá legal. Como assim? O tempo parou! Era tudo que queríamos. Mas, não, não tá bom. Sabemos bem o porque. A vida parece que parou. Deu uma pausa. Nada acontece. E o que fazemos com o tempo, que agora sobra e nos enche o saco? Bem, esta é a questão. A vida não pode ser medida em tempo, e, sim, em sorrisos, choros, vitórias, decepções, recomeços e novos tropeços. A vida pra acontecer precisa que o tempo passe. Se ele voa, é porque estamos vivendo intensamente. Precisamos de amigos, de amores, de encontros e desencontros, de novos cenários. Mas, por ora, deixo aqui um tempo. Pra pensarmos o quanto vai ser bom viver ao máximo quando o tempo voltar a passar. E nada de reclamar que o tempo voa. Porque a vida precisa do tempo.

Texto de Conrado Muylaert.

#quarentena #tempo #amor #sorriso #vida #amizade

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo