top of page

Chega mais! - Entrevista com Pedro Fuxx

Primeiro: põe um play em Chega Mais pra ler essa entrevista!

Há cerca de um mês eu estava ouvindo a rádio do Playmoboys e ouvi Celofane Rosa, do Pedro Fuxx. Daí pra frente coloquei no repeat e fui atrás dele pra uma entrevista, good news: ele topou.

Confere nosso bate papo aí:


1. Conheci o seu som através de Celofane Rosa, que incrivelmente não está no seu top 3 músicas mais ouvidas. Mas como vc é novidade aqui no blog eu gostaria que vc contasse um pouco da sua carreira!

Oiee, então. Me chamo Pedro Fuxx tenho 25 anos e sou natural de Porto Alegre/RS. Comecei com a música há bastante tempo, mas como Pedro Fuxx já tem três anos. Em 2019 lancei minhas primeiras 4 músicas e a partir de lá tive algumas reviravoltas de ideias, pensamentos, sobre qual tipo de som eu realmente gostaria de fazer.

Antes, as músicas tinham uma vibe mais voltada pro rock alternativo, o que mudou na minha visão foi mais a vertente. Deixei de fazer um rock pra começar a com uma vibe mais mpb/pop/ influências do funk e desde então continuo nessa. As músicas normalmente tem uma temática cotidiana, experiências/relações etc.


2. Você é um artista solo e isso me deixou curiosa, pode me falar um pouco de como é feito o processo de criação, desde a composição até a produção? Você faz tudo ou tem uma equipe por trás?

Sobre o processo de criação, as músicas são feitas todas por mim desde produção até a composição, às vezes contando com alguma participação, mas na maioria das vezes o processo é feito no meu Home studio em casa. O q me permite moldar a maneira que quero o meu projeto. Às vezes é um empecilho por estar sozinho mas tb é muito bom pro amadurecimento musical.


3. Vi que você tem cerca de 40 mil ouvintes mensais no Spotify, o que já é um número expressivo. Qual é a expectativa para sua carreira daqui pra frente?

Sempre tento não colocar expectativas, mas não colocar é muito difícil. Faço musica pq amo e vou continuar fazendo independente da visibilidade. Mas tenho expectativas muito boas, sempre mantendo o foco e dando continuidade ao trampo pra não me perder no caminho. A cada ano que passa lembro da expectativa no Spotify kk e me deixa muito feliz a quantidade de pessoas novas que aparecem por lá. É louco acreditar que tem pessoas no outro lado mundo ouvindo a tua musica. Isso me deixa muito feliz.


4. Se você pudesse fazer um feat com qualquer artista brasileiro, qual seria?

Hoje tem alguns artistas que piro muito e que com certeza acho que sairia algo muito massa. Primeiro deles seria o Julio Secchin, acho que no início dos meu lançamentos a estética dele me ajudou demais a chegar no lugar que queria. Gosto muito do VHOOR e do Wealstarcks e me inspiro muito neles, principalmente quando estou produzindo as tracks em casa.


5. E aí, quer deixar algum recado especial pra galera do vtcontar? ⚡️

Queria agradecer demais, sendo essa minha primeira entrevista. Fico muito feliz em ter sido lembrado e espero voltar a aparecer por aqui! Ouçam as minhas músicas e eh isso. Aproveitem pq musica eh a melhor sessão de terapia que tem heheh
 

⚡️Pedro Fuxx, foi muito legal esse bate papo e te desejo uma carreira de muito sucesso e várias entrevistas daqui pra frente!

E aí, curtiu tb? Segue o Pedro nas redes sociais também:


INSTAGRAM: @pedrofuxx

SPOTIFY: Pedro Fuxx

 

Ouça Pedro Fuxx e outros artistas br na nossa playlist CAFÉ COM ALEGRIA:


47 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page